Search
Close this search box.

CATEGORIAS

TAGS

PROJETO MENTE ABERTA: A VOZ DOS JOVENS LGBTQIA+ EM GUIMARÃES

7 de Dezembro, 2021

O projeto vencedor da edição piloto do programa Bem Comum escolheu a Escola Secundária de Caldas da Taipas (ESCT) para testar a iniciativa de sensibilização para jovens para questões LGBTQIA+ no secundário.

A escola é um dos locais no qual os jovens e as jovens despendem mais tempo. No entanto, nem todos se sentem seguros e respeitados neste ambiente: como o transformar num lugar mais seguro? Foi em resposta a esta questão que Raquel Trindade e Jéssica Santos, alunas na ESCT, de 17 anos, idealizaram o Mente Aberta. um projeto de educação e sensibilização sobre temas ligados à comunidade LGBTQIA +.

O facto de fazerem parte da comunidade LGBTQIA+ e a experiência traumática de um amigo, também aluno na escola, motivaram-nas a “criar um movimento de sensibilização e permitir a jovens conhecer a realidade LGBTQIA+ e os desafios que são sentidos ao “sair do armário”, bem como facilitar que quem precise, saiba onde e como pedir ajuda. “Todo o mundo tem o direito de amar ou procurar ajuda para atenuar o seu sofrimento, sem agressões [e] insulto”, lê-se na ideia submetida no site do concurso.

A Jéssica e Raquel contam com a mentoria da Associação Coolpolitics na concretização do Mente Aberta, e a parceria de entidades como a Rede ex aequo (rede de apoio, quebra de isolamento e ativismo para jovens lésbicas, gays, bissexuais, trans, intersexo e apoiantes entre os 16 e os 30 anos), do projeto Bússola (gabinete de apoio à comunidade LGBTQIA+ e seus/suas familiares), e do projeto TABU!, grupo que aborda temas como o combate à violência, de forma interventiva e preventiva, através das artes performativas.

As sessões tiveram início a 6 de dezembro de 2021 e foram dinamizadas pela Rede ex aequo, dirigidas aos alunos e alunas do 10º, acerca do tema “Identidade de Género”. Seguir-se-ão, a 24 e 25 de fevereiro, sessões sobre “Orientação sexual”, a realizar pelo projeto Bússola e, por último, os estudantes poderão saber mais acerca da temática “Género e sociedade” numa sessão performativa conduzida pelos atores do projeto TABU!, a 18 e 19 de abril.

Sessão sobre “Identidade de Género” na

 ESCT, dinamizada pela rede ex aequo, 

6 de Dezembro de 2021.

O projeto Mente Aberta também criou uma página no Instagram para partilhar conteúdos educativos, promover conhecimento, divulgar iniciativas e canais de apoio à comunidade LGBTQIA+, estimular o entendimento e respeito e promover a reflexão sobre discriminação e preconceito, com a finalidade de eliminá-los, principalmente no espaço escolar. Pode ser seguido em @menteaberta_guimaraes.