Explorar os exercícios

Exercícios e desafios que podem ser realizados sequencialmente como um programa de atividades, ou separadamente, a fim de trabalhar competências específicas.

~

Ideias para o Bem Comum

15
Sessão Plenária
máx 25 participantes

Materiais: Pressupõe a realização prévia dos exercícios: Nuvem de Ideias, Formar uma Opinião, Opinar, Debater; anexo Ideias para o Bem Comum e Somos um Grupo Democrático?.

Recapitular, elencando (num quadro) os valores identificados e principais ideias resultantes dos exercícios já realizados com enfoque no Bem Comum para a cidade: nuvem de ideias, formar uma opinião, opinar, debater. Uma possibilidade é que os participantes procedam à estruturação de opiniões e argumentos em torno de cada valor ou tema, por grupos, para depois, em formato plenário, todos votarem na proposta mais relevante ou a que oferece menos resistência. Podem recorrer à colagem de um post it por pessoa/tema ou votação de braço no ar e respetiva contagem. No geral, a análise de toda a informação deve centrar-se nos seguintes passos:

Quais os temas abordados?
Quais os temas que são caros ao grupo? Quais as ideias apaixonantes? Quais as ideias que fazem emergir indignação? Há algum tema sobre o qual o grupo tem uma opinião formada e consensual?
O que o grupo acha importante para si versus para a cidade?
Ponto de atenção: este é um assunto sob influência só do poder político local ou há outros níveis de influência?
Votação

Não há limite no número de ideias que possam ser submetidas, mas é importante que o grupo concorde que são temas relevantes ao nível autárquico, que merecem (mais ou outro tipo de) atenção, e que sejam distintivas.

O grupo pode consultar as ideias que já foram submetidas na plataforma, a fim de não submeter uma ideia redundante com o que já foi proposto por outros jovens. Mas todas as ideias são válidas. Se houver dificuldade em chegar a uma decisão unânime ou maioritária, o grupo pode refletir sobre cada ideia à luz da sua influência direta na vida dos jovens, e se é um aspeto que nunca ou raramente integra a agenda política.

UMA FORMA DIFERENTE DE DECIDIR: Pode ajudar neste processo decidir, não em função da popularidade, mas da resistência que o grupo sente perante uma ideia: todas as ideias são avaliadas pelo grupo; levantam 1 ou os dois braços consoante sentirem alguma ou muita resistência perante essa ideia. É escolhida a ideia que merecer menos resistência do grupo.

Depois da discussão plenária é possível concluir qual será o contributo do grupo para a Matriz do Bem Comum.

Sob a mediação do dinamizador, o grupo recapitula e sistematiza: identifica um ou mais valores que consideram basilares para o Bem Comum da sua comunidade e cidade; formula a ideia mais consensual que pode concretizar cada um deles; a justificação de como a ideia responde ao valor escolhido; e qual a área de intervenção que melhor a enquadra.

Utiliza e responde ao anexo Ideias para o Bem Comum para orientar a realização deste exercício. Por grupo podem ser submetidas até 3 ideias. O regulamento pode ser consultado aqui.

O resultado deste processo coletivo e democrático pode agora ser submetido.

Somos um Grupo democrático?

Como atividade extra, o grupo pode proceder a uma reflexão da experiência preenchendo conjunta ou individualmente o formulário de avaliação.