Explorar os exercícios

Exercícios e desafios que podem ser realizados sequencialmente como um programa de atividades, ou separadamente, a fim de trabalhar competências específicas.

~

A Chave do Debate

25
Atividade de grupo plenário
máx 25 participantes

No exercício anterior, OPINAR, treinou-se a argumentação: definiram-se preposições relativas a questões diversas e cada um teve de justificar a sua posição. Num debate, o recurso à argumentação é essencial para convencer a outra parte. Mas há diversos fatores que influenciam a comunicação. A força de uma ideia depende não só do conteúdo, mas também da forma como é transmitida. Este e os exercícios seguintes (Hum…, SEXI e Debater) visa apurar a técnica de exposição e debate de ideias, e procura, acima de tudo, desinibir os participantes, estimular e divertir – porque a troca de ideias é também uma forma prazerosa de nos conhecermos e relacionarmos.

O que se tem que cuidar para convencer outra pessoa da nossa opinião?

Estrutura redonda
Formular a ideia com princípio, meio e fim. Dizer sobre o que se vai falar, falar e resumir o que se disse.
Curta e direta
Less is more, a simplicidade tem mais força.
Conteúdo e raciocínio
Apresentar bons argumentos numa sequência lógica.
Conexão
Estabelecer contacto com a audiência. Olhos nos olhos e relacionando a ideia com exemplos concretos, reais e pessoais.
Postura e colocação de voz
O que não reforça a ideia, distrai. É determinante adotar uma postura direita, gesticulação moderada, calma ao falar, volume e dicção compreensível, e não levantar ou exaltar a voz.
Sentido de humor
Não é para todos mas pode ser genial.

O/a dinamizador/a pode convidar os jovens participantes a identificar estes aspetos e completar a lista. É pertinente refletir retrospetivamente sobre o desempenho na comunicação de cada participante em função destes aspetos. Ou, considerar estes aspetos na realização dos exercícios seguintes e reflexão sobre os mesmos.