Regulamento

O projeto Bem Comum é uma iniciativa da Associação Coolpolitics, financiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, que realiza a sua edição piloto em Guimarães, com todos os jovens interessados em participar na construção democrática da sua comunidade e cidade.

Como participar

É possível participar no projeto Bem Comum de diversas formas:

O registo no site www.democraciadobemcomum.pt é a primeira forma de o fazer, pois é o ato em que os jovens identificam os principais valores para a concretização do Bem Comum na sua comunidade e cidade. Todos os jovens dos 10 aos 25 anos se podem registar na plataforma do projeto e assim contribuir para a Matriz do Bem Comum.

Outra forma de participar, é realizando um ou mais exercícios propostos no guião Bem Comum Local: em casa, na escola, numa associação ou em qualquer outro lugar onde um grupo de jovens se reúna com vontade de contribuir para o Bem Comum da sua comunidade e cidade. Os exercícios propostos são um instrumento de capacitação sobre o funcionamento da política local e técnicas de comunicação. São também um instrumento de ação política, uma vez que as ideias que decorrem destas atividades podem ser submetidas no site para serem posteriormente votadas pela comunidade jovem. Numa fase seguinte, as ideias são desenvolvidas sob a forma de propostas para a cidade, sendo que a escolhida será concretizada com o apoio do município.

Os jovens que desejarem uma experiência de participação ainda mais enriquecedora, poderão participar no atelier Fora do Comum, e colaborar com o grupo de trabalho que concretizará o projeto vencedor, estabelecendo a cooperação entre jovens, os departamentos executivos do município e entidades da cidade.

O Bem Comum compreende, ainda, 2 momentos de voto que constituem formas de participação fundamentais: para escolher as Ideias para o Bem Comum, que devem ser trabalhadas durante o atelier Fora do Comum; e, para escolher o projeto, que deve ser concretizado no município.

Registo

Todos os jovens residentes e/ou frequentadores de um estabelecimento de ensino do município onde o Bem Comum decorre, com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, completados até 31 de Dezembro 2021, que se registem na plataforma do projeto, podem participar e contribuir para o Bem Comum.

O registo na plataforma permite: (i) participar, identificando os valores base para o Bem Comum; (ii) submeter ideias a título individual ou co-submeter ideias de grupo; (iii) votar nas ideias que devem ser trabalhadas até à forma de propostas de projeto, durante o atelier Fora do Comum;

(iv) votar uma das propostas de projeto daí resultante, que deverá ser concretizada; (v) ser selecionado/a (digital e aleatoriamente) para integrar o grupo de trabalho que realizará o atelier fora-do-Comum; (vi) ser selecionado/a para complementar o grupo de trabalho que realizará o projeto escolhido para ser concretizado no município.

O registo pode ser feito a partir do lançamento oficial do projeto, no respetivo município, e até às 17h do dia anterior ao encerramento da votação das propostas resultantes do atelier Fora do Comum.

Submeter ideias para o Bem Comum

Incentivamos a submissão de Ideias para o Bem Comum, em grupo, e, de preferência, que sejam resultado da realização de um ou mais exercícios propostos no guião Bem Comum Local. Para melhor formular as ideias os jovens devem seguir as orientações do anexo Ideias para o Bem Comum.

Todos os jovens registados podem submeter ideias para o seu município, desde que aí esteja a decorrer uma edição do Bem Comum. Cada jovem pode submeter até 2 ideias individuais, e co-submeter até 3 ideias de grupo.

Submeter uma ideia de grupo requer que 2 ou mais jovens estejam inscritos na plataforma. Ao submeter uma ideia, em grupo ou individualmente, deve ser indicada a morada de email associada ao perfil de cada um dos subscritores, que receberão uma mensagem de validação para completar o procedimento.

Participar no Atelier Fora do Comum

Os subscritores de uma ideia não serão necessariamente chamados a integrar as equipas que irão transformar as ideias em propostas de projetos. Os 50 jovens que irão realizar o atelier Fora do Comum serão selecionados aleatoriamente por computador, a partir da lista de inscritos no site www.democraciadobemcomum.pt à data de encerramento de submissão de Ideias para o Bem Comum. Será feita uma lista de suplentes.

Estes 50 jovens constituirão 5 grupos de trabalho aos quais serão atribuídos, aleatoriamente, cada uma das 5 Ideias escolhidas para o Bem Comum, a fim de desenvolverem projetos para a cidade que respondam às ideias propostas.

Todos os grupos de trabalho serão apoiados por uma equipa técnica transversal e especialistas nas áreas específicas de cada projeto.

O atelier Fora do Comum decorre ao longo de 2 dias, no final dos quais as propostas realizadas serão devolvidas à comunidade de jovens do município, para, mais uma vez, votarem no projeto que querem ver executado na cidade. A realização do projeto vencedor será feita com o financiamento e apoio técnico do município.

Participar no Lugar Comum

Os 10 jovens responsáveis pelo projeto vencedor do atelier Fora do Comum serão convidados a implementar o mesmo na fase seguinte do projeto: Lugar Comum. Os restantes participantes do atelier constituirão o grupo suplente e/ou consultor, na medida em que estiverem dispostos e motivados a participar na realização do projeto.

Os/As jovens autores de uma ideia escolhida para ser desenvolvida no atelier fora-do-Comum, e que resulte num projeto vencedor a ser realizado na cidade, poderão acompanhar ou participar nos desenvolvimentos em momentos chave desse mesmo projeto. Para tal, devem assinalar essa vontade quando submeterem a ideia.

O Lugar Comum é o dia que assinala a fase de implementação do projeto. Os 10 jovens responsáveis pelo projeto vencedor vão apresentar esse mesmo projeto à equipa da Câmara Municipal, seguindo os trâmites habituais e passando pelos departamentos necessários, implicados na realização do projeto. O dia culmina com um momento de reflexão sobre toda a experiência do programa BEM COMUM, perante o/a vereador/a responsável e o/a senhor/senhora Presidente de Câmara do vosso município. A reflexão conjunta deve ter como mote a MATRIZ PARA O BEM COMUM que a comunidade jovem definiu, visando alinhar as políticas e projetos municipais com a mesma.

Para votar numa ideia para o BEM COMUM regista-te ou entra na tua conta